Por Equipe Neticom
Em 02/06/2020
2020 é o ano do e-commerce, mas nem tudo são flores...

Se no meio de tanta coisa incerta, pudesse existir pelo menos uma que fosse concreta já seria uma grande conquista, não é mesmo? E existe, o fato de que chegamos ao futuro e este é o momento das lojas virtuais fazerem sucesso! Pois é, também sentimos uma frustração com este cenário, afinal, não é bem assim que imaginávamos o futuro: pessoas isoladas, um vírus espalhando-se, problemas na economia, crises políticas... mas ainda assim ele é o futuro. Nem tudo são flores, mas há quem plante agora o que realmente pode dar bons frutos.  Não é de hoje que escutamos falar que lojas virtuais seriam o "negócio do futuro".

Vivemos várias fases da pandemia desde a sua chegada em nosso país.Uma das primeiras foram as prateleiras dos mercados e lojas serem esvaziadas por consumidores preocupados em estocar certos produtos por um motivo ou outro, e neste momento, quem possuía experiência em compras pela internet e desejava evitar o contato com outras pessoas recorreu ao mercado on-line. Uma pesquisa da NZN Intelligence mostrou que 71% dos consumidores pretendiam comprar mais em plataformas digitais durante a quarentena.

Seguimos isolados em nossas casas, e pouco a pouco as pessoas, até mesmo aquelas que esvaziaram as prateleiras dos supermercados entenderam que não havia realmente o motivo para pânico e migraram também para compras em lojas virtuais. A questão é que com o aumento da procura de consumidores no mercado online, até mesmo os maiores varejistas sentiram o impacto, e precisaram se adaptar. Não foram poucas as reclamações com o serviço prestado.

A demanda sem precedentes por mercadorias é realmente um problema global. Os varejistas começaram a limitar a quantidade de certos produtos que podem ser comprados a qualquer momento para aliviar a pressão na cadeia de suprimentos.

Pensando em tudo isso, reunimos algumas orientações que podem ser uteis para quem deseja ingressar nesse mercado, ou para quem já está e precisa se adaptar à nova realidade.

  • Itens essenciais: Com os provedores de Internet relatando um aumento surpreendente de 30% no tráfego da Internet, é importante otimizar suas práticas de negócios online. Pode ser a hora de reduzir também as taxas de remessa, especialmente para itens essenciais, como mantimentos ou remédios.

  • Pesquisa de mercado: Uma vez que em todo mercado online há uma seção onde os consumidores podem dar uma nota para o serviço/produto oferecido, comentar sobre sua qualidade, tempo de entrega, entre outras experiências de compra, é preciso sempre estar atento aos feedbacks. A partir da coleta desses dados, as empresas devem verificar, além da pertinência, possíveis mudanças e estruturações necessárias, visando sempre uma boa reputação frente aos seus consumidores e, com isso, fidelizar ao máximo seus clientes.

  • Presença digital: Estar visível nas principais plataformas digitais é essencial para alcançar clientes. Utilizar redes sociais para promover e divulgar promoções, vantagens ou apenas interagir com os clientes é muito importante para que sua marca esteja sempre presente na memória dos consumidores e ter um feedback sobre seus produtos/serviços. 

  • Plataformas de pagamento: Optar por plataformas de pagamento conhecidas, práticas e seguras, como o PagSeguro, Paypal, entre outras, são essenciais para ganhar a confiança do consumidor e facilitar sua experiência de compra.

  • Acessibilidade: Certificar-se de que os clientes possam acessar sua loja de qualquer dispositivo, seja ele qual for. Criar o layout baseando-se no UX design (experiência do usuário) a fim de prover uma plataforma prática e autoexplicativa para o cliente.

Essas orientações estão longe de ser a receita do sucesso, mas tendem a lhe ajudar a se preparar e garantir serviços de qualidade à população, afinal, o momento é delicado, todos estão esgotados e precisamos ser parceiros neste momento, garantindo a segurança de todos!

Artigos Relacionados

Páginas de introduções
por Super User em 09/01/2012
Páginas de introduções
Home Office e bem-estar podem andar juntos.
por Equipe Neticom em 22/06/2020
Home Office e bem-estar podem andar juntos.
A importância do uso adequado das cores
por Wilson R. Garcia em 09/01/2012
A importância do uso adequado das cores
Marketing de Conteúdo
por Wilson R. Garcia em 03/03/2016
Marketing de Conteúdo