Por Wilson R. Garcia
Em 01/04/2016
Loja virtual: saiba como ter uma.

Loja virtual é a aposta de muitos empresários, mas por que? Enquanto usuários da internet, não podemos negar que suas ferramentas tem gerado grandes transformações na nossa vida social e também na forma como consumimos produtos. Hoje, é cada vez mais comum comprar, vender e negociar pela internet. Quem nunca clicou em um anúncio para saber mais sobre algo que desejava comprar? Até ouso dizer, que são poucas as pessoas que nunca efetuaram uma compra pela internet.

É para esse cenário, que os pequenos e grandes empreendedores tem voltado os seus olhares. A cada ano que passa aumenta a quantidade de lojas virtuais disponíveis na internet e aqueles que decidem seguir o fluxo e atuar nesse mundo precisam se adaptar.

A ideia de criar uma loja virtual é instigante e muitas vezes apresentada como certeza de sucesso por algumas agências de publicidade despreparadas, mas é nessa hora que toda cautela é necessária. Criar uma loja virtual exige muito mais do empreendedor do que da agência de publicidade ou da plataforma a ser utilizada. É preciso antes de mais nada: planejamento digital, criatividade e dedicação. A união desses fatores é que determinará o sucesso ou fracasso de uma loja virtual.

Pensando nisso, elaboramos alguns tópicos interessantes para quem está pensando em atuar nesse mercado online.

Planejamento digital

Contradizendo a maioria das pessoas que acreditam que os principais gastos para abertura de um e-commerce estão na compra ou aluguel de uma plataforma digital, na verdade esse investimento tende a variar entre 15 a 20% do valor total investido. É muito mais importante considerar aspectos como operação, gestão e logística que estarão presentes em todo a trajetória da existência de uma loja virtual.

O primeiro passo para um bom planejamento é fazer uma análise do mercado em que se pretende atuar, por exemplo: se tenho uma loja de roupas, será preciso identificar o público-alvo, preços praticados, tendências, concorrentes e como eles se posicionam no mercado online.

É importante fazer uma análise do contexto interno e externo da sua empresa, com previsões de oportunidades e ameaças, pontos fortes e pontos fracos, qual o cenário econômico no setor, qual a equipe necessária para seu negócio e qual plataforma de operação você irá utilizar. Pensar no futuro de sua loja virtual também é crucial para ter um bom funcionamento. Defina suas estratégias de crescimento, estratégias para se tornar competitivo, faça um plano de comunicação e estabeleça suas metas.

Análise do mercado potencial para sua loja virtual

Uma forma simples de analisar o mercado de atuação de sua loja virtual é verificar o faturamento anual e o Market share das empresas líderes e então você pode ver qual a fatia restante do mercado. Se os três maiores líderes de um setor dominam 40% do mercado, ainda sobra 60% para sua atuação e a de seus futuros concorrentes.

Qual o investimento mínimo necessário?

Considerando que a conversão de vendas de um produto é equivalente a 1% do número de visitas, segundo o guia de e-commerce do Sebrae, se a sua loja virtual pretende ter 1000 vendas por mês, você vai precisar de 100.000 visitantes em seu e-commerce para obter o resultado. Note que o número de visitantes não é o mesmo que o número de pageviews, pois cada visitante visita cerca de 15 páginas de um mesmo e-commerce.

Portanto é de extrema importância definir o quanto será necessário investir em comunicação online para atingir esse volume de vista em sua loja virtual.

Plataforma

A escolha das tecnologias e da plataforma são passos muito importantes para seu e-commerce. Antes de escolher quais utilizar você precisa pensar quais as pretensões, limitações e, principalmente, o público-alvo de sua loja virtual.

Existem as plataformas open source, de conteúdo gratuito e código aberto, as híbridas, cujo código open source é customizado para a empresa e as proprietárias. Mas não se engane, mesmo para uma plataforma open source você precisará de um profissional para configurar e customizar sua loja virtual.

A manutenção da plataforma também deve ser pensada e as agências digitais podem ser contratadas para ajudá-lo a manter a sua loja virtual atualizada e em segurança.

Integração

Assim como uma loja física, o e-commerce precisa integrar a loja aos sistemas de gestão de estoque, gestão financeira, contabilidade, logística e emissão de notas. As empresas podem contratar esse backoffice de terceiros, mas é muito importante pensar em toda essa integração, que será extremamente relevante em sua loja virtual.

Comunicação Visual

Para estruturar bem um site ele não precisa ser apenas bonito, é preciso planejar a forma como as pessoas utilizarão e navegarão por ele. É nesse ponto que o mapa do site e o design entram em cena. Nesse momento também e importante pensar na usabilidade do mesmo, pois a loja virtual precisa ser prática e intuitiva na execução da compra dos produtos em sintonia com o layout, cujo objetivo é fazer com que os clientes sintam-se confortáveis e encontrem o que desejam em poucos cliques.

Sua loja virtual vai utilizar plataforma para celular, web e facebook? Essa é uma pergunta que deve ser feita pensando em cada plataforma, pois cada compartimento tem suas características específicas. Em suma, o Facebook é um ambiente de alta audiência, os celulares possuem poucos recursos gráficos, mas convertem oportunidades em negócios e a web é a interface mais utilizada para lojas virtuais, pois é a plataforma que possui mais recursos disponíveis.

Gestão de conteúdo

Pensar em todo o conteúdo do e-commerce exige distribuições de tarefas. A produção de conteúdo é responsável pelo preparo de conteúdo e informações fornecidas, como produção de fotos, filmes, fazer a descrição dos produtos, quais os valores, as validades, a garantia do produtos, as regras e regulamentações. Por isso, para um bom desenvolvimento de conteúdo todos esses itens devem ser separados e atribuídos a pessoas responsáveis.

É crucial nesse ponto pensar nos direitos do consumidor, no prazo de entrega, na política de preços, no gerenciamento de imagens e controle de estoque de toda sua loja virtual.

Logística

Um aspecto muito importante e que exige muita organização. É preciso ter controle rígido com o fluxo de pedidos de sua loja virtual, a internet é um meio expresso, então é necessário ter fornecedores rápidos e eficazes, além de embalagem própria para transporte, tabela de preços de frete e um bom controle da logística reversa de todo o processo.

Finanças

Apesar de serviços terceirizados apresentarem propostas 100% automatizadas para esse processo, os riscos existem e as fraudes podem ocorrer, por isso é importante ter um backoffice fácil de ser utilizado, que tenha rápido acesso aos pedidos e controle de custos da loja virtual.

Para evitar as fraudes e reduzir prejuízos, já que eles existem corriqueiramente no ambiente online e físico, o empresário pode contratar uma empresa que tenha ferramentas antifraudes ou montar uma equipe de analistas encarregadas de fiscalizar os processos, já que os prejuízos por fraude podem chegar a 20% dos pedidos efetuados em uma loja virtual.

Estratégia de Marketing

Diferente de uma loja física, onde o início do trabalho é sinalizado com a abertura das portas, uma loja virtual precisa sinalizar que existe em meio a um universo enorme que é a internet. Para que isso aconteça, as ferramentas de Marketing Digital têm se mostrado eficazes. Para mostrar que sua loja virtual existe você precisa chamar a atenção do consumidor online. Isso pode ser feito por meio do e-mail Marketing, Links patrocinados e Mídia Display, por exemplo.

Os links patrocinados são eficientes em termos de resultados. Por meio deles você consegue ter métricas necessárias para alavancar seu negócio online, como saber as palavras-chave de maior impacto em seu público-alvo. Associado aos links patrocinados, o SEO (Search Engine Optimization) é um mecanismo que ajuda a colocar seu site no topo da lista dos mecanismos de busca. Para isso, são necessárias algumas dicas como a repetição de palavras-chave em diversos locais no site, na URL e em títulos no código HTML.

Essas estratégias de Marketing para tornar sua loja virtual mais visível podem ser aperfeiçoadas com a ajuda de um profissional qualificado. Na Neticom Brasil contamos com uma equipe qualificada para isso.

Artigos Relacionados

Educação a distância – Terceira geração
por Wilson R. Garcia em 17/05/2012
Educação a distância – Terceira geração
Marketing de conteúdo. O que é?
por Wilson R. Garcia em 21/11/2016
Marketing de conteúdo. O que é?
Quem não é visto, não é lembrado
por Wilson R. Garcia em 09/01/2012
Quem não é visto, não é lembrado
Publicidade no Google AdWords
por Wilson R. Garcia em 31/05/2012
Publicidade no Google AdWords