Frequentemente recebemos solicitações de clientes para introduzirmos em seus sites aquelas famosas "Introduções" ou "Apresentações", que são páginas exibidas antes do website propriamente dito. Estas páginas geralmente contém animações em FLASH, e comumente podem vir acompanhadas por recursos sonoros como músicas ou vinhetas ou ainda efeitos especiais. Espera-se que o visitante assista esta apresentação, para então clicar sobre um link do tipo "ENTRAR NO SITE" e poder acessar enfim as páginas que deseja.

Existem situações que justificam o uso de tais recursos, como nos casos em que é necessário oferecer um conteúdo específico para o internauta, como por exemplo, a escolha de um idioma para um site que ofereça conteúdo multilingue ou uma empresa que atue em setores específicos.

Exceto nestes casos, devemos evitar o uso de tais recursos, os motivos você pode escolher:

É deselegante

Obriga o visitante a clicar para confirmar sua intenção de entrar no site, quando o mesmo já digitou o seu endereço no navegador ou pesquisou e clicou em algum link para seu site.

É irritante

A internet é extremamente dinâmica e seus usuários querem objetividade. Infelizmente muitas pessoas ainda possuem conexão de baixa velocidade, o que faz com que desistam de seu site antes do término da apresentação.

É dispersivo

Podem dispersar a atenção do visitante de seu objetivo inicial e inibí-lo a acessar as páginas internas.

Gera desconfiança

Empresas que lançam mão de recursos excessivamente visuais e sonoros para atrair a atenção, geram desconfiança e acabam pondo em risco a credibilidade do conteúdo.

Dificulta a indexação do site nos mecanismos de buscas que perdem as informações da página principal como referência inicial de navegação.

A prática do uso de apresentações, desagradam o internauta tanto quanto o uso de janelas popup. A experiência demonstra que alguns visitantes fecham imediatamente sites que contém apresentações. Lembramos que um site deve ser planejado para atender às necessidades e expectativas de um publico potencial.

É claro que isto não é uma regra, nem tampouco é o objetivo deste artigo causar qualquer polêmica ou atrito com simpatizantes desta prática, unicamente expomos aqui a opinião da maioria, e como foi elucidado acima, a avaliação detalhada de cada projeto e seus objetivos, poderá determinar quais recursos poderão ou não ser utilizados em seu site para você atingir o resultado desejado.